MAMAMOO se desculpa por ‘blackface’ em show

Foto: Divulgação (RWB Entertainment)

O grupo feminino MAMAMOO foi acusado de blackface após divulgar uma paródia de Uptown Funk, de Mark Ronson. No vídeo, que tem uma participação de Bruno Mars, as integrantes do grupo aparecem com o rosto pintado e vestidas como o cantor. O caso gerou comoção na internet, com diversos fãs apontando a prática racista via redes sociais: “MAMAMOO realmente fez blackface. Eu estou… sem palavras”.

 

 

Por conta disso, a agência RBW divulgou uma nota:

Olá, aqui é RBW. A paródia de Uptown Funk, de Mark Ronson, feita pelo MAMAMOO no seu show foi mal entendido como uma performance para diminuir os afro-americanos e a controvérsia se espalhou pela comunidade online e as mídias sociais.

Nossa intenção com a paródia era mostrar um lado diferente do MAMAMOO usando um videoclipe popular que todos conhecem. Entretanto, isso se tornou um problema e nós vamos parar de usá-lo nessa segunda rodada de show.

Nós nos desculpamos por divulgar um vídeo desta forma e vamos prestar mais atenção até mesmo nos menores detalhes.”

 

Logo foi a vez do grupo, que publicou um pedido de desculpas em inglês e coreano:

Olá, aqui é o MAMAMOO.

Nós sentimos muito por nossas ações insensíveis e pelo uso de blackface em nosso vídeo enquanto imitávamos o Bruno Mars. Não há desculpas para o que fizemos e nem palavras o suficiente para explicar o quão arrependidas estamos. Nossos corações estão quebrados por termos machucado nossos fãs internacionais tão profundamente. Nós amamos e nos importamos muito com todas as pessoas, de todas as raças, sexualidade, religião e gênero. Nós amamos nossos fãs e sentimos muito por ter machucado nossos fãs da comunidade negra.

Nós entendemos agora porque nossas ações foram erradas e nunca foi nossa intenção fazer o mal com nosso vídeo. Nós éramos muito ignorantes quanto ao blackface e não entendíamos as implicações de nossas ações. Vamos procurar entender melhor nossos fãs estrangeiros para garantir que isso nunca mais aconteça. Esperamos que vocês possam nos educar nesse e em outros assuntos para que possamos nos tornar pessoas e artistas melhores.

Obrigada por chamar nossa atenção e por permitir corrigir nossos erros.

Em 2016, o SarangInGayo fez uma cobertura especial sobre a diversidade na cultura coreana e tratou do assunto com mais profundidade. Leia mais: [ESPECIAL #SIGDIVERSIDADE] O longo caminho do racismo no cotidiano coreano.

blackface é o ato de se pintar para representar negros, geralmente de forma caricata, que teve origem nos teatros do século 19.

Fonte: Soompi
Por favor, não retirar do SarangInGayo sem os devidos créditos.

Post Author: Maria Carolina

Da turma de 1989 e viciada em línguas, história, tragédias e música. O primeiro contato com a Coreia veio com a Pump it Up (aquelas máquinas de dança que foram febre nos anos 2000), tanto que aquelas músicas e grupos nos anos 1990 ainda tem um lugarzinho especial no meu coraçãozinho, principalmente CLON (aquele clipe... isso não se faz, gente). Resisti por muito tempo ao kpop "novo", mas não dá pra continuar resistindo a esses novinhos cheios de talento por muito tempo.