Home / Notícias / K-Pop ganha destaque no ‘Programa Raul Gil’ com novo concurso cover

K-Pop ganha destaque no ‘Programa Raul Gil’ com novo concurso cover 0

raul gil kpop

Grupo Venus falam com o apresentador Raul Gil, durante o “Quem Sabe Dança K-Pop”. Foto: Divulgação (Programa Raul Gil)

Batizado “Quem Sabe Dança K-Pop”, o quadro estreia nesse sábado (13), com uma exposição inédita do cenário local de covers em TV aberta

 

Um dos programas de variedades mais respeitados da televisão brasileira, o Programa do Raul Gil (SBT) abre espaço sem precedentes para a cultura coreana em TV aberta, com a criação do quadro Quem Sabe Dança K-Pop. O quadro, que já lançou talentos de outros gêneros na dança e no canto – lírico, gospel, rock, entre outros – recebe grupos de covers de K-Pop, para performances especiais no palco. Em status de piloto, a produção do programa ainda não divulgou mais informações a respeito do sistema da competição, mas o grande vencedor pode embolsar a bolada de R$10 mil. VEJA A PRÉVIA DO PROGRAMA AQUI.

Douglas Santana – um dos produtores do programa – reforçou, com exclusividade ao SarangInGayo, que em 50 anos de televisão, a ideia do programa é “visionária” ao trazer o K-Pop com esse nível de exposição. “Quando o Raul [Gil] trouxe a ideia do K-Pop para a nossa reunião de pauta, nós abraçamos. Eu já conhecia um pouco da cultura coreana e do K-Pop fora do trabalho, e eu sei que seria uma forma de propagar esse universo a todo mundo, com uma cultura diferente”. “Indo até o Korean Pop Festival eu pude ter uma noção de quanto o público é fã, curte e é fiel ao K-Pop. Senti que existe uma certa carência, por não ser tão difundido em canal aberto. E eu acredito que estamos abrindo uma porta para que esse universo se adentre mais, não só no SBT, mas em outras emissoras”, completa Douglas. Ele afirma que já aconteceram duas gravações do quadro, e que a platéia – que ainda não conhecia o K-Pop – assimilou de forma positiva às performances dos grupos covers, substituindo o espanto inicial, por apoio aos competidores.

Allyance se apresenta na estreia do quadro "Quem Sabe Dança K-Pop". Foto: Divulgação (Programa Raul Gil)

Allyance se apresenta na estreia do quadro “Quem Sabe Dança K-Pop”. Foto: Divulgação (Programa Raul Gil)

 

Segundo Iago Aleixo (20) – integrante do grupo Allyance, um dos mais conhecidos da capital paulista – o interesse surgiu por parte do apresentador Raul Gil, após uma conversa sobre o cenário. “Na verdade, eu ajudei a formular o quadro com a neta e a filha do Raul”, comenta o dançarino e youtuber, dono de um dos canais de K-Pop mais populares do país, o Iagora. “Ficar envolvido com a divulgação do K-Pop no Brasil é sempre a minha meta”, diz Aleixo. Além dos próprios covers, a produção do programa pesquisou sobre a diversidade do K-Pop e a origem e a ascensão do gênero no Brasil, com consultoria e apoio do SarangInGayo e o Centro Cultural Coreano no Brasil. Através do Korean Pop Festival III, os produtores do Raul Gil fizeram a pesquisa de campo e o convite aos os covers que deixaram a impressão mais forte para poder participar da competição televisiva. Para a estreia do quadro, o Allyance foi convidado para apresentação de abertura, enquanto os grupos femininos, Fix2U e Venus (o último, vencedor do Korean Pop Festival II), competem por uma vaga na próxima fase. Shun (21) – líder do Venus – declarou que a experiência de participar do quadro foi positiva para o grupo, apesar de todo o nervosismo: “O pessoal do SBT foi super receptivo e estávamos entre amigos (…) esse reconhecimento com o nosso trabalho é muito importante”.

Parte do Warzone – um dos grupos masculinos a competir no segundo episódio do quadro, vencedor do “Prêmio de Popularidade” do Korean Pop Festival III – Yago Gambôa (20) contou ao SarangInGayo sobre as expectativas de fazer parte desse novo projeto, que pode ser a ponte definitiva que a música Pop coreana precisava para chegar às massas no Brasil.“É meio estranho pensar que você gravou um programa que vai passar na TV aberta e todo mundo que te conhece e não conhece, para assistir. É uma repercussão grande e esperamos ter causado boa impressão”. Sobre o primeiro contato com o novo público, Gâmboa afirma que “A reação da platéia é diferente, também, do que estamos acostumados. Apesar dos gritos, não é aquela euforia toda das ‘Kpoppers’, principalmente por não conhecerem as músicas”. 

Pelo costume com a segregação, o público já adepto ao K-Pop e aos outros aspectos da Onda Hallyu tende a ser protetor com a massificação da cultura coreana, apesar dessa ser a melhor chance de aumentar o fluxo de shows e eventos de artistas coreanos no país, além do intercâmbio de talentos locais para a Coreia do Sul. No entanto, Douglas garante que o clima nos bastidores do Programa Raul Gil é de otimismo a longo prazo. “Já estamos tendo um feedback muito positivo, mesmo antes do quadro ir ao ar. Nosso termômetro são as redes sociais e a galera está curtindo muito, aguardando ansiosamente pela estreia. Esse será o início de uma grande parceria”O Programa Raul Gil vai ao ar todos os sábados, no SBT, à partir das 14h45.

Por favor, não retire do SarangInGayo sem os devidos créditos.

Comments are closed.

Theme developed by TouchSize - Premium WordPress Themes and Websites