Home / Exclusivo SarangInGayo / [EXCLUSIVO] ToppDogg aposta “alma e coração” em novo álbum

[EXCLUSIVO] ToppDogg aposta “alma e coração” em novo álbum 0

ToppDogg na foto conceito para o novo álbum. Foto: Divulgação (Hunus Entertainment)

ToppDogg na foto conceito para o novo álbum. Foto: Divulgação (Hunus Entertainment)

O grupo contou, com exclusividade para o SarangInGayo, como estão focados na inclusão dos integrantes em todo o processo criativo das futuras músicas de trabalho e suas experiências na transição de promoções

 

Em meio as preparações para o seu próximo álbum – ainda sem nome confirmado – o ToppDogg aposta suas fichas no treinamento vocal e aulas de dança, para apresentar uma nova imagem do grupo em seu retorno ao mercado fonográfico e a transformação dos integrantes remanescentes como artistas completos . Com fortes influências de Hip-Hop desde o conceito inicial do grupo (que estreou oficialmente em 2013), o ToppDogg fechou 2015 com mudanças importantes, antes de seu retorno com o mini-álbum The Beat, em outubro do ano passado. A agência, Hunus Entertainment, anunciava a partida de Kidoh e Gohn, por motivos pessoais de ambos (veja a declaração oficial) e o grupo promoveu a faixa-título – e homônima ao álbum –  com os integrantes Jenissi, P-Goon, HoJoon, SangDo, Nakta, HanSol, B-Joo, Xero, A-Tom e Yano, após quase dois anos de hiato, na época.

Além da preocupação com as aulas e o aprimoramento individual das habilidades de cada um dos dez ídolos, a música é, sem dúvida, o foco principal do grupo.“Estamos ouvindo vários outros artistas para inspiração, além de pensar em todos os aspectos criativos que estão envolvidos em fazer esse álbum e seu conceito”, comenta SangDo. O ToppDogg se mostra ambicioso em promover um trabalho completamente orgânico, fruto do trabalho conjunto dos integrantes . “Como ainda não sabemos quais músicas vamos escolher, junto ao nosso time da agência, não podemos especificar nosso envolvimento na produção do próximo álbum”, afirma Nakta, “Mas estamos continuamente escrevendo e produzindo música, já que queremos nos envolver o máximo o possível em tudo o que iremos lançar”. Fugindo do conhecido esteriótipo de muitos grupos idols de K-Pop, comercializados como um produto para as massas,  o ToppDogg garante que, independente do resultado, cada aspecto conceitual, visual e musical será de responsabilidade deles mesmos.

ToppDogg, durante uma prática de dança, em outubro/2015. Foto: Reprodução (Hunus Entertainment)

ToppDogg, durante uma prática de dança, em outubro/2015. Foto: Reprodução (Hunus Entertainment)

Não só com a nova postura de trabalho para sua próxima fase, o ToppDogg acredita que, por ora, a vibe da recém trabalhada, The Beat, reflete a natureza“livre e brincalhona” dos membros. HoJoon garante, porém, que a “cor única do ToppDogg ainda está em processo de criação”. Na expectativa para o futuro álbum, pedimos uma recomendação dentre a discografia do grupo, para aquecer os ouvidos ou apresentar o ToppDogg ao público: A-Tom e Hansol foram os representantes na decisão, apontando I Know e Keep Smiling, como boas referências do que o grupo já mostrou, nos últimos três anos.

A responsabilidade de participar tão detalhadamente da produção do álbum traz consigo uma nova onda de expectativas – um peso que os integrantes preferem interpretar como algo positivo. “Nós nos baseamos no pensamento que se você deseja algo com força o suficiente, eventualmente vai acontecer”, garante B-Joo. A frase, que vai além da auto-ajuda, é um espelho da esperança do ToppDogg em ser bem recebido pelos fãs antigos e visto com bom olhos pelo público em geral. “Queremos dar um passo em direção ao topo, sermos mais reconhecidos como artistas”, confessa Xero. Entre idas ao estúdio para gravação, e as aulas para aprimorar as futuras performances, o trabalho exaustivo do ToppDogg vem rodeado de uma atmosfera excitante, e um tanto ansiosa. Em um momento de desabafo sobre o sentimento geral, Hansol resume:

Estamos nervosos, claro. Estamos colocando nossos corações e almas nesse próximo trabalho, em um nível completamente diferente. É claro que o sentimento é de que tem algo a mais em jogo.

 

Mostrando o trabalho incessante entre suas promoções oficiais, três dos integrantes – Jenissi, Nakta e B-Joo – lançaram recentemente a leve e romântica, Kiss On My. Questionados sobre outros lançamentos de solos ou sub-unidades, em paralelo as preparações do álbum do ToppDogg, Jenissi garante que todos “sempre estão trabalhando em projetos e mixtapes”, mas que a canção foi publicada em seus perfis pessoais nas redes sociais, sem maiores pretensões. “Por enquanto, sem planos para sub-grupos. Queremos focar em nosso reconhecimento como uma unidade, primeiro”. Ouça, abaixo, a canção Kiss On My:

https://soundcloud.com/jenissi/kiss-on-my-jenissib-joonaktaprod-by-nakta

 

Apesar das drásticas mudanças mencionadas anteriormente, 2015 também foi o ano em que o ToppDogg se aventurou em território estrangeiro, com uma turnê nos Estados Unidos (que passou por Houston, Miami Beach e Atlanta) e um show único no Brasil, em fevereiro retrasado, no Via Marquês (SP). P-Goon compartilhou suas lembranças do ótimo tempo na metrópole paulistana e a surpresa com a reação dos Top Klass (nome oficial do fã-clube do grupo) locais “Nós conseguimos aproveitar tanto, porque nossos fãs demonstraram uma paixão enorme durante o show”. Apesar da rápida viagem, eles garantem que foi o suficiente para despertar o interesse em nosso país, com planos para uma viagem doméstica mais ampla, em diferentes pólos turísticos brasileiros.

 ToppDogg (formação original de 13 integrantes), no Via Marquês, em São Paulo. Foto: Carol Akioka (KoreaIn Magazine)


ToppDogg (formação original de 13 integrantes), no Via Marquês, em São Paulo. Foto: Carol Akioka (KoreaIn Magazine)

No episódio de estreia de seu recente reality show, Topp Dogg Project, dois integrantes foram escalados para testar a chamada “depilação brasileira”. Essa pode não ser a melhor forma de relembrar da terna visita ao Brasil, e Yano (uma das ‘vítimas’ da produção coreana) garante que, sobre a experiência, não há muito o que dizer “Eu e A-Tom fomos os escolhidos (risos). O que dizer? Quem viu o episódio pode ver como nos sentimos, em nossos olhos (risos)”.

O episódio pode ser visto com legendas em inglês, e a cena dos integrantes no centro de estética começa na faixa dos 13 minutos (créditos: @DoggOnTop):

 

Passado o momento de descontração, abordamos outros pontos na carreira do ToppDogg, em outras áreas do entretenimento. Nakta assume que todos os integrantes tem vontade em atuar e modelar (alguns, repetindo experiências anteriores), mas “não tivemos tempo em nossa agenda para outras coisas, entre o final das promoções, o ensaio para o nosso show no Japão e, agora, as preparações para nosso retorno”. Com a segunda parte da entrevista completamente focada na experiência do grupo durante as promoções, o feedback dos artistas e do público para a nova fase e os planos futuros, o ToppDogg aproveitou para deixar uma mensagem especial aos fãs brasileiros, em antecipação a parte final da exclusiva:

Nós amamos e apreciamos nossos fãs brasileiros. Sentimos a falta de vocês e esperamos poder voltar e vê-los novamente, no futuro! Obrigado ao SarangInGayo por essa chance de falar com nossos fãs, e agradecemos a todos os leitores. Falaremos com vocês em breve, na nossa segunda entrevista, sobre nosso álbum! Por favor, aguardem!

 

 

Acompanhe a tag #SIGTOPPDOGG para o conteúdo exclusivo em nosso portal e redes sociais (@sarangingayoBR) e fique com o SarangInGayo no Especial ToppDogg!

Banner oficial do Especial ToppDogg nas redes sociais (@sarangingayoBR).

Banner oficial do Especial ToppDogg nas redes sociais (@sarangingayoBR).

 

Texto e tradução: Érica Imenes
Por favor, não retire do SarangInGayo sem os devidos créditos.

Comments are closed.

Theme developed by TouchSize - Premium WordPress Themes and Websites